14 dezembro 2016

3 MESES EM MONTREAL

Hello people

Ça y est, três meses em Montreal 
Chegamos com o outono batendo na porta e ô sorte que durante esse tempo fomos presenteados com dias lindos, coloridos e abençoados.
Estamos com uma sensação meio estranha que em termo de números foram poucos, mas em termos de vivência temos a impressão que passaram-se meses. 
Ainda estamos descobrindo Montreal meio as cegas e eu vou tentar explicar o motivo. 
Abre parênteses 

Para chegarmos até aqui não fizemos buscas por vários lugares e optamos por Montreal. Nossa vinda aqui foi transferência de trabalho e juntou o útil ao agradável pois  queríamos ter outras experiências fora da França e com essa transferência facilitou muito para colarmos em prática essa vontade.
Uma coisa que eu não disse aqui no blog que depois de contrato assinado fizemos a nossa mudança de forma " normal" de mudanças. E viemos com os corações abertos numa viagem para o "desconhecido"  pois eu e o marido decidimos não se aprofundar ao lugar antes de chegar e ir descobrindo aos poucos os dois juntos nessa nova descoberta e fase. Lógico que fizemos pesquisas sobre estimativa de gastos de sobrevivência como despesas básicas do dia a dia etc..mas sobre conhecer o que se passa por aqui, saber opiniões das pessoas que aqui estão, como são os canadenses, como são as pessoas que aqui vivem etc.. não fizemos. Pelo simples motivo que o que é bom para mim pode não ser para você e vice versa e isso é fato. E vai por mim isso  esta  funcionando muito e foi a melhor coisa que fizemos para evitarmos o "pré julgamentos" de coisas que nem ainda conhecemos ou pelo simples fato que alguém disse que era bom ou ruim.
A realidade aqui vai ser exclusiva sua. E  trocar de experiência com outras pessoas in loco é muito mais interessante. Agora fica a dica se é sua primeira mudança, você não é uma pessoa segura, gosta de saber o se passa a sua volta, esta vindo sem trabalho, não consegue administrar imprevistos, vem com crianças etc.. então da uma pesquisada antes para poder se programar de acordo com as suas necessidades e depois não ficar se lamentando " ah se soubesse antes não seria assim ou assado" . 
Fecha parênteses 

Bom três meses ainda estamos em fase de adaptação e né que eu estou me sentindo em casa.
Vou confessar que nos brasileiros temos muita influência da América do norte e muita coisa é familiar sem mesmo nunca ter conhecido antes. O contrário para o marido que é francês tudo é muitooo diferente até mesmo o idioma francês em algumas expressões e sotaque.
Montreal é incrivelmente linda, tudo é muito dinâmico, tudo acontece muito rápido. Sem contar a energia esse lugar é sem explicação, tudo numa sintonia tão positiva que eu nem sei. 
As impressões até o momento são bem positivas a começar pelo pronome pessoal e pela diferença das normalidades da língua francesa. Aqui todo mundo se dirigem a você na segunda pessoa do singular "tu" sem distanciamento..nada de "vous". Talvez no começo para quem morou na França e sabe que tudo é muito formal onde falamos com pessoas que cruzamos todos os dias e o "Vous" sempre vem numa conversação limitando um pouco a intimidade entre pessoas.
No começo estranhei ter uma conversa com o gerente do banco e ele tratar como  se nos conhecesse ha anos usando sempre o "tu" na conversa quando dirigia a conversa ou pra mim ou pro chéri. Isso quebra de fato o gelo e não soa de forma desrespeitosa. Pelo o que vi nesse pouco tempo as pessoas aqui querem relações bem próximas, pois é um ciclo e muita coisa aqui funciona através de contatos um indicando o outro. E tornar as relações distantes podem te "prejudicar" um pouco por aqui.
As pessoas são muitoooo simpáticas e generosas. Eu disse para o marido " se você se sentir sozinho aqui finja que esta perdido". Incrível eles sempre param e perguntam se estamos precisando de algo e com uma delicadeza no falar sempre com muito bom humor.
Eles adoram conversar, são bem sociáveis e se duvidar passam horas e horas. Um bom exemplo foi na época que estávamos em busca de apartamento a gente mais conversava que visitava de fato o imóvel.
A sensação que nos passam é que eles realmente estão dando importância no que conversamos. Existe troca de energias sabe. 
Uma coisa bem legal que é simples mas quando perguntam se esta tudo bem eles esperam mesmo a resposta, não foi perguntado por educação;
São muito,muito positivos, tudo tem solução, ninguém sai sem resposta;
Até quando eu não sei, mas estrangeiro aqui é bem vindo e respeitado. Existem vários programas direcionados a integração social de nós imigrantes e quando eu digo váriossss é sem exageros. 
Poder falar dois idiomas como o francês língua oficial e mais o inglês é enriquecedor. A grande maioria que falam os dois idiomas são os nascidos aqui e eles trocam de idioma numa conversa numa facilidade de cair o queixo.
O senso de viver em comunidade é muito acentuado. Existem hortas comunitárias na rua, praças, jardim dividido com o vizinho, serviços voluntários etc...
Num único dia você conhece muitaaaa gente. Network aqui funciona muito.
Apesar do custo de vida ser alto existem a famosa concorrência, então da pra achar preços com muita diferença de um lugar para o outro então pechinche que encontra muita coisa legal;
Cada pessoa tem seu estilo, sua forma de se vestir. Por exemplo você não vai encontrar um turbilhão de gente com mesmo estilo ou seja cada pessoa tem um estilo próprio. A não ser as camisas quadriculadas que isso ninguém pode tirar é patrimônio canadense hahaha.
Noção de espaço aqui é literalmente gigante, tudo é muito espaçoso. Ruas gigantescas { em comprimentos} Tem gente que mora na mesma rua que eu e provavelmente eu nunca vou ver na vida. Enormes parques, enormes florestas. A natureza é muito presente.
As relações são sem barreiras, ninguém se sente melhor que ninguém, não somos titulados pela nacionalidade, cada pessoa tem seu valor e as relações interpessoais são  bem valorizadas.

Voilà, voilà 

Sei que ainda é muito cedo para definir como me sinto nesse país gigante de meu Deus, mas aconteceram tantas coisas boas que me fazem pensar o porquê não ficar mais tempo por aqui? 

 " O bom dia que você deseja só depende de você" ☼ 
             coisas boas acontecem ∞

Com afeto Du Jour
Nira 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...